Facilite sua rotina com refeições congeladas

Por: Manuela Rodrigues | maio 28, 2018

A mulher moderna está sempre com a agenda cheia! Além do trabalho, cuida da casa, dos filhos e do marido. E se você mora sozinha, sabe que mesmo assim o dia a dia é muito corrido e às vezes nos resta pedir comida por algum aplicativo. Mas você já pensou em investir nas refeições congeladas? Acredite, elas podem e muito facilitar a sua rotina.

Não é à toa que as refeições congeladas viraram moda há alguns anos. Elas facilitam demais a vida de quem tem uma rotina corrida. Mas você não precisa comprar de ninguém. Que tal investir na sua própria comida congelada? Além de ser mais barato, você vai ter certeza da qualidade de todos os ingredientes que foram utilizados. Então para que você dê o primeiro passo, vou te contar algumas regrinhas de ouro para congelar a comida e também algumas dicas dos pratos mais recomendados para este tipo de armazenamento. Vamos lá?

A primeira dica é: cuidado para não se empolgar e lotar o congelador!  Quanto mais sacos e potes tiver ali, menos o ar vai circular entre eles. Isso vai reduzir a capacidade de congelar e vai deixar os alimentos mais propensos a proliferação de fungos e bactérias. Fique atenta: a proporção ideal é de ⅔ da capacidade do freezer.

Anotado isso, vamos para a segunda dica: se você congelou, só descongele se for consumir. Nada de ficar congelando e descongelando a marmita a todo momento. Essa técnica não mantém a qualidade dos alimentos e ainda pode evitar a proliferação de bactéria. Se você fez uma peça grande de carne, por exemplo, a sugestão é congelar em porções separadas já pensando nas quantidades que você vai utilizar por vez.

Por último, mas não menos importante, é preciso estar bem atenta na hora de descongelar. Deixe a refeição descongelar e esfriar dentro da geladeira. Quando estamos com pressa sempre temos a mania de deixar descongelando em temperatura ambiente, mas essa não é a forma mais recomendada.

Agora vou dar algumas sugestões de refeições que você pode fazer e congelar: escondidinho de carne seca ou frango desfiado, hambúrguer caseiro, almôndegas, kibe de forno, estrogonoff (sem a batatinha palha, rs), panqueca, sopas e caldos.

Importante também saber os alimentos que não são indicados para congelamento. Anota aí: maionese, saladas cruas, cremes feitos à base de maisena, ovo cozido, gelatina, macarrão cozido sem molho, batata cozida, creme de leite, pudim, legumes e verduras crus (para saladas).

Comentar


Deixe seu comentário ou sugestão para a próxima pauta. Esse espaço é seu e os comentários são importantes para melhorar cada vez mais a qualidade do conteúdo.


* Área sinalizada obrigatória.
Comentários com conteúdo racista, spam, publicidade, pornográfico ou com agressão verbal serão rejeitados.